quarta-feira, 17 de junho de 2009

Não eu não quero lembrar,


O que dói mais não é ouvir o ' não ', o que dói mais é ver que não acreditam em você.

Que por mais que o tempo passe, certas coisas sempre vão ficar entendidas da maneira que querem.Parece que palavras de terceiros tem mais significado do que as suas palavras.

Posso ser errada, posso estar errada, mais pelo jeito acham que eu sempre estou.

O que vejo, o que sinto, não, não vale.O verdadeiro, acham que é passageiro.Que é apenas coisa de momento, e que logo, acabou.

Não vejo a hora de sair desse lugar que me trouxe mais lágrimas do que sorrisos.

As pessoas se contradizem tanto, e magoam tanto.Queria ser assim, não me importar com sentimentos alheios e sair falando o que penso e nem me preocupar com o que pensam.Mas, infelizmente não sou assim.Sou muito mais coração do que razão, sou muito mais ver os outros felizes do que me ver feliz.E é assim que eu sempre acabo me quebrando.

Vai passar?acho que sim, talvez um dia passe.Mais acho que a dor da falta de confiança vai sempre morar aqui, certas coisas sempre latejam dentro de nós.

Ana Flavya Rigolon

Um comentário:

Miláh : ] disse...

Caracaaaaa,voce escreveu o que eu to sentindo agora!Bom eu sou igual a voce que se importa com os outros e não saio falando nada sem pensar o que acaba magoando e tipo eu me magou muito quando falam a verdade na minha cara nua e crua e falam que voce é isso e aquilo, e principalmente quando é uma amiga sua.