sexta-feira, 24 de outubro de 2008

nada sei dessa vida, e sigo sem saber

Sou tudo que vivi, os livros que li, as histórias que presenciei, as músicas que ouvi, as pessoas que conheci, os amores que tive.Sou as minhas lembranças, sou meu futuro, sou meu passado e principalmente sou meu presente !Sou uma eterna mudança, mais ainda tenho a mesma essência que nasci, e morrerei com a mesma ( pois, a essência de algo é constituida pelas propriedades imutáveis da mesma )Continuo igual, e ao longo do tempo adquiri mais coisas ... mas sem deixar a essência morrer, sem deixar ser levada por idéias de outros.Uso máscaras de vez em quando, apenas para não demonstrar as dores que ainda tenho, e que todos pensam que já não as sinto mais. Pois, só quem é, sabe o que sente, pois as palavras estão longe de demonstrar o que sentimos.E mesmo repetindo milhares de vezes para milhares de pessoas, que a ferida foi cicatrizada, que o amor foi esquecido sabemos que tudo isso é para tornar a mentira mais real para si mesmo.O fato é que feridas jamais são cicatrizadas, talvez apenas apareçam outras e aquela seja esquecida por um tempo mais ainda vai continuar existindo, e o amor? a, eles nunca serão esquecidos, e todos sabemos disso, pois, podem aparecer mil novos amores, mais os do passado sempre vão estar marcados no coração, e um dia qualquer um pode vir a tona, por que não? a vida é tão cheia de mudanças mesmo, cheia de idas e vindas.Queria poder entender a vida, ou pelo menos entender a mim mesma, já seria um grande passo.Pois, ando por caminhos que mudam todo minuto, ando por caminhos que contem abismos, já quase cai em alguns ou será que já cai e consegui sair? ou será que ainda estou dentro de algum?.Ando por caminhos e vivo trocando de caminhos, ás vezes lado a lado com alguém, ás vezes sózinha.Mas sempre procurando fazer o certo , procurando fazer o melhor, tentando evitar o máximo machucar, ferir alguém, é uma pena que nem sempre isso é possível.São sim, coisas da vida, coisas que não se dá pra explicar, coisas que nem sei como acontecem.Só sei que é assim, só sei que não sei mais do que sei.

texto feito por : Ana Flávya Martins Rigolon de Paula Souza, ou seja ... eu mesma xD

2 comentários:

Biatriz disse...

foi voce mesmo q fez? o.o tem ctz? nao pegou de .. seilá, nenhum site de reflexão (?) . meeeeeeeew, te morre ¬¬ , seus textos tao se superando, um melhor que o outro ã. que orrrrrgulho da minha best'azinha *-* rs . e .. acho que voce nao precisa de inspiraçao não.. tem de sobra aí ein :) . enfim.. ficou bem bom er, essa postagem e tal :) - te amo (L)

Gaby disse...

nhaai q bunitinhu, vc ainda acredita em amor *-*
eu naum....
faz tempo q naum acredito nessas coisas,em ngm,nem em mim

to sem criatividade =x

amei o texto faz tempo q naum escrevo as coisas q penso,sinto,vivo....

tema para o proximo texto: Sonhos

uma coisa q odeio,naum acredito,e amei ter parado de sonhar

da proxiam vez faço um comentario melhor (Y)