quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Viver um dia de cada vez;

'Desista, se o telefone tocar não vai ser ele' e eu repito isso mil vezes pra mim mesma, mas mesmo assim a cada vez que o telefone toca fico com a esperança que é você no outro lado da linha e eu sempre saio desiludida.
É difícil caminhar, ô se é, e se então você se acostumou a caminhar 345 dias com alguém, caminhar fica ainda mais difícil quando não tem esse alguém ao seu lado, mais por mais que seja difícil é necessário.
O mundo não para para nós nos consertarmos, ele continua e ás vezes só nós mesmos paramos no tempo, no passado que queriamos tanto que fosse presente.
Ás vezes da uma vontade de sorrir por tudo que foi vivido e ás vezes da uma vontade de chorar por tudo que não será mais vivido, é tudo exatamente uma ampulheta de emoções.
Entre conselhos pra lá e pra cá, vou seguir um: Viver um dia de cada vez com a esperança que dias melhores virão.




Ana Flavya Rigolon

6 comentários:

Lua disse...

e esse misto de sensações eu tbm sinto... chorar pelo que nao volta e sorrir pelo o q ja passou.

e vamos viver cada dia sim, feliz.
beijos!

Edson Souza disse...

Lendo o seu texto fiquei imaginando aqui.

Quem sabe ele também não estivesse esperando ansioso por sua ligação e por causa do orgulho de ambos por qualquer motivo seja lá qual foi, deixaram esfriar a chama da paixão, que poderia se tornar amor.

Ás vezes perder uma luta não quer dizer que perdeu a guerra e blá blá blá que poderia trazer paz em um relacionamento.

Bom, melhor deixar vcs resolverem.hehehe

Uma boa tarde pra vc Ana Flavya Rigolon

Edson Souza disse...

Lendo o seu texto fiquei imaginando aqui.

Quem sabe ele também não estivesse esperando ansioso por sua ligação e por causa do orgulho de ambos por qualquer motivo seja lá qual foi, deixaram esfriar a chama da paixão, que poderia se tornar amor.

Ás vezes perder uma luta não quer dizer que perdeu a guerra e blá blá blá que poderia trazer paz em um relacionamento.

Bom, melhor deixar vcs resolverem.hehehe

Uma boa tarde pra vc Ana Flavya Rigolon

Stephanie Pereira disse...

é o melhor conselho que qualquer um poderia seguir. CHorar e sorrir, ser feliz e triste, em momentos alternados. Essa é a vida, e a gente vai aprendendo a lidar com tudo isso com o tempo..

Sαbrinα Frehí disse...

realmente é dificil, se é.. mas procure compreender mais a vida, acabei de ler um post sobre perdas, e mais do que ja tinha em minha mente, tive certeza de que algumas sao necessarias, pra o melhor, para o amadurescimento, para coisas que só voce saberá analisar, mas é preciso que você compreenda, e entenda, que tudo é vontade de Deus, ele só quer o melhor, só faz o melhor, mesmo que de cara você nao entenda, mas tem que confiar.

um beijo!

Lara Oliveira. disse...

Ter esperança quando o telefone toca, ai, como isso é desgastante, não é? Graças a Deus passei dessa fase.
O texto ficou ótimo!
Beijos